• 41 99630 0512
  • contato@azdepaus.com

Blog

Nem tudo é logo?

Sempre que as pessoas, até mesmo profissionais da área, vão se referir à representação gráfica de uma marca usam o termo “logo”. Mas, será que isso é correto? Já antecipamos que é algo genérico. Vamos entender o porquê.

Logotipo X Logomarca

Primeiramente, precisamos falar sobre os termos “logotipo” e “logomarca”. Embora alguns achem que é mesma coisa, não são.

A maioria das marcas é composta por uma escrita (o nome da marca) e um elemento gráfico, um desenho. Assim:

  • Logotipo: refere-se à parte escrita, o lettering da marca;
  • Logomarca: refere-se à parte gráfica, desenho, ícone ou símbolo.

Porém, não, obrigatoriamente, uma marca precisa ter esses dois itens. Algumas, apenas o símbolo basta para representar, já outras só o logotipo é interessante.

É importante dizer que o termo “logomarca” não é muito correto. Pois, traduzindo, “logo” vem do grego e quer dizer “conceito” e “marca”, do germânico, também significa “conceito”. Dessa forma, “logomarca” seria uma palavra redundante, “conceito do conceito” – não faz sentido. No entanto, com a popularidade do termo, ficou consolidado como a representação quando apenas de elementos gráficos.

Na dúvida, o melhor é deixar esse termo de lado e usar apenas “marca”.

Logotipo

Para muitos, qualquer identidade visual é um logo ou logotipo. Porém, dentro do logotipo há variações de estilos. Acompanhe:

Wordmark: a identificação de uma marca por meio da escrita, de um lettering.

logo sony

Imagotipo ou combination mark: quando se tem um símbolo + lettering que podem ser usados separadamente sem prejudicar a identificação do público.

adidas logo

Isologo ou Emblema: imagem + lettering combinados de forma integrada. Não funcionam separados.

bmw logo

Isotipo: o elemento gráfico que representa a marca e são classificados em:

  • Monograma: combinações de palavras
  • Sigla ou Lettermark: junção das iniciais de palavras.

cnn logo

  • Firma: a representação da marca é uma assinatura.

walt disney logo

  • Pictorama figurativo: ícone ou símbolo que representa uma figura conhecida.

lacoste logo

  • Pictorama abstrato: ícone que não representa uma figura conhecida.

mistsubishi logo

 

Cada formato é melhor para nomes diferentes. Por exemplo, nomes muito extensos o ideal é usar lettermark. Já empresas grandes e globais, usam os pictogramas.

Mas, por que você precisa saber disso?

É fundamental conhecer as características e diferenciações para saber se a sua marca atende à necessidade visual do negócio.

Ainda tem dúvidas? Fale com a gente!

×